Decoração Dicas

As cores de Beatriz Milhazes

21 de maio de 2016

Obra – O Mágico

Sou apaixonada pelas obras da artista plástica Beatriz Milhazes, o colorido dos seus quadros me contagia, suas obras são alegres e vibrantes.cine-obras-e-beatriz-2

Sua característica são os arabescos, mandalas e flores ultracoloridas, bateu recordes em leilões internacionais, tornando–se a artista viva mais cara do Brasil. Aos olhares estrangeiros, sua obra chama atenção pelo flerte com o artesanato e a nossa arte popular e pelas tramas geométricas e jogos de cores.4

Meu sonho é ter uma de suas obras em minha casa, mesmo que seja uma gravura. Consigo até imaginá-la na parede!

Críticos de arte comentam que seu estilo aproxima-se da obra de artistas como Henri Matisse e Guignard, pelo ritmo dos arabescos e pelos motivos ornamentais.

Sua técnica consiste em pintar sobre superfície plástica para depois transferir a composição para a tela, que são deslocadas como películas e aplicadas na tela por decalque, com muita precisão. Beatriz aglomera as imagens, preenchendo o fundo e retocando a imagem final. Nas colagens, sobrepõe camadas usando papéis de bala e sacolas de compras. São todas obras que ecoam a pop art e a abstração geométrica.
quadro beatriz colagem

A artista desenvolveu sua obra vivendo e trabalhando no Rio de Janeiro, em seu estúdio. Diz ela que a permanência na cidade e no Brasil, foi um fator para se manter ligada aos elementos e às referências que compõem seu trabalho.

Nos últimos anos, Beatriz participou de bienais como as de Veneza e de São Paulo e realizou 30 individuais em 11 países. Mesmo com a projeção internacional, a artista passa apenas temporadas fora, ficando entre Paris – por ser bem localizada em relação às galerias que a representam em Londres e Berlim – e Pensilvânia, nos EUA, onde faz gravuras no estúdio da Durham Press. Um orgulho para nós brasileiros, ter uma artista de tamanho expressão.beatriz

Beatriz Ferreira Milhazes: Nasceu no Rio de Janeiro, em 1960. Pintora, gravadora e ilustradora. Ingressa no curso de comunicação social na Faculdade Hélio Alonso, no Rio de Janeiro,  na década de 1970. Forma-se em 1981 e, em paralelo, realiza sua formação em artes plásticas na Escola de Artes Visuais do Parque Lage no período de 1980 a 1983. Além da pintura, dedica-se também à gravura e à ilustração. De 1995 a 1996, cursa gravura em metal e linóleo no Atelier 78, com Solange Oliveira e Valério Rodrigues (1953). Atua como professora de pintura até 1996 no Parque Lage. Em 1997, ilustra o livro As Mil e Uma Noites à Luz do Dia: Sherazade Conta Histórias Árabes, de Katia Canton (1962). Participa das exposições que caracterizam a Geração 80 – grupo de artistas que buscam retomar a pintura em contraposição à vertente conceitual dos anos de 1970, e tem por característica a pesquisa de novas técnicas e materiais. Sua obra faz referências ao barroco, à obra de Tarsial do Amaral (1886-1973) e Burle Marx (1909-1994), à padrões ornamentais e à art déco.  A partir dos anos 1990, destaca-se em mostras internacionais nos Estados Unidos e Europa e integra acervos de museus como o Museum of Modern Art (MoMa), Solomon R. Guggenheim Museum e The Metropolitan Musem of Art (Met), em Nova York, do Museo Reina Sofia, em Madrid, entre outros. Fonte: Wikipédia

beatriz 2

Fatos de Beatriz Milhazes no mercado das artes:

– Nos anos 1990, Beatriz Milhazes foi apresentada ao mercado internacional pelo célebre marchand Marcantonio Vilaça.

– Em 2008, a tela O Mágico (2001) foi vendida por US$ 1,05 milhão e tornou Beatriz a artista brasileira viva mais cara da história.

– Dois anos depois, a marca foi superada por Adriana Varejão, que teve Parede com Incisões à Fontana II (2001) vendida por US$ 1,52 milhão.

– Em 2012, Beatriz se tornou novamente a artista brasileira viva mais cara com Meu Limão (2000), arrematada por US$ 2,1 milhões.limao– O valor só é menor que os US$ 2,2 milhões pagos por Contra Relevo (Objeto N. 7), pintura de 1959 que levou Lygia Clark (1920 – 1988) a bater o recorde de artista brasileiro arrematado em leilões.

Mais um pouco das obras coloridas de Beatriz!

1 3 b 5 6 7 8

Comentar via facebook

Comentário(s)

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM