Palavresca

Cardápio da Alma

3 de outubro de 2020

Fotografia | Leila Lindiana

“Como anda a dieta da alma?

Para alimentar a alma, é obrigatório sair à caça. Perseguir.

Se não há silêncio a sua volta, cace o silêncio onde ele se esconde, pegue uma estradinha de terra batida, visite um sítio, uma cachoeira…

Cace o afeto, procure quem você gosta de verdade, tire férias de rancores e mágoas, abrace forte, sorria, permita que lhe cacem também.

Cace a liberdade que anda tão rara, liberdade de pensamento, de atitudes, vá ao encontro de tudo que não tem regras, patrulha, horários.

Cace o amanhã, o novo, o que ainda não foi contaminado por críticas, modismos, conceitos, vá atrás do que é surpreendente, o que se expande na sua frente, o que lhe provoca prazer de olhar, sentir, sorver.

Abra portas.

Mas nada de descuido.

Nada de se entupir de calorias na alma.

Engorde no lugar certo.

O ritmo dos dias é tão intenso que às vezes a gente esquece de se alimentar direito”.

Coisas da Vida: Crônicas | Martha Medeiros – Porto Alegre, RS: L&PM, 2012.

Comentar via facebook

Comentário(s)

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM