Palavresca

A Romantização da Força

15 de maio de 2021

“Força, seja forte”

Falamos isso com frequência para os outros e grande parte do tempo para nós mesmos. E não é por mal (claro). É a nossa maneira de dizer “você consegue” ou de provar que conseguimos passar por tudo, mas na verdade, tudo também passa – às vezes é disso que precisamos ser lembrados.

Dia desses uma amiga me disse “não vou te desejar força, tô aqui se precisar” eu, que tenho uma absurda necessidade de dar conta de tudo, foi um alento.

Criamos uma necessidade grande de mostrar para o mundo e para nós mesmos que aguentamos. Sempre. Que a força está ligada ao fato de vencer, passar por uma fase sem reclamar, sem dizer que doeu, ignorando totalmente parte do que sentimos.

Enquanto a força está em escutar nossos sentimentos. É admitir cansaço e reconhecer que não somos uma máquina. Força é se permitir ser vulnerável. É pedir ajuda, é dar espaço para ajuda, é se permitir sentir com todos os sentidos.

Força não é se sentir forte por nunca chorar, mas ver no choro uma oportunidade de ser mais leve e criar conexões. 

Todos nós vencemos diariamente de alguma maneira. E a nossa força está em justamente lutarmos para sermos humanos – cada dia mais, não importa o que aconteça. Seja, isso já é muita coisa ❤️

Autoria | Isa Ribeiro | https://nanossavida.com/

Fotografia | Leila Lindiana

Comentar via facebook

Comentário(s)

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM