Lar é onde seu coração está!

A ideia de lar é se sentir à vontade. É comum, quando estamos em uma situação desconfortável dizer  “não estou me sentindo em casa”.

Quem me conhece, sabe o quanto gosto da minha casa e de estar em casa. Tenho amigos que corroboram da mesma opinião, ficar e estar em casa preenche o coração, é bom demais. Tem haver com conexões, sentimentos e a emoções – uma sensação de pertencimento.

O que está por trás de um lar? Um lugar simples para viver, muito mais que preocupação com metros quadrados ou da estética do ambiente, posso garantir.

Lar é contato visual, mãos dadas, abraços, lágrimas e corações cheios de amor e conexão. O lar é compaixão e paciência. É riso, confiança e apoio incondicional. Lar é sempre onde as pessoas que você ama estão, e sim… onde o seu, o meu, o nosso coração está!

A simplicidade de um lar pouco tem a ver com designs complexos ou espaços gigantescos. Conheço um casal que divide quarto/cozinha/banheiro e transborda felicidade, os acompanho diariamente e algo que me fascina é a conexão e alegria deles.

O título desse texto faz todo o sentido para mim, lar é conforto e simplicidade. Criar um lugar com emoções para viver é essencial, eu penso assim. Ao focar na conexão emocional se torna possível trazer o minimalismo para dentro de casa.

Courtney Carver, especialista em minimalismo, autora e criadora do site Be More With Less escreveu algo muito questionador  “Aprendi que você não pode construir uma vida significativa com tijolos, concreto ou janelas perfeitas. Cercar-se de coisas e paredes nem sempre resulta na criação de um ótimo lugar para morar”. Segundo a especialista, um lar tem muito a ver com conexões, sentimentos e emoções.

Levar o emocional como meio para criar um lar para viver, conta com as mais diferentes vantagens. Acompanhe algumas delas

Afastar as complexidades e criar uma conexão profunda com o local no qual você vive é o melhor caminho para tornar o seu lar mais simples e agradável.  Então esteja sempre rodeado por quem você ama, afaste-se das complexidades e livre-se do que te faz mal, são algumas dicas.

Cuide do seu lar como você cuida de quem ama, se você não der carinho para sua casa tem chances dela ruir. Não viva no quarto ou sala, ande pela cozinha, admire o escritório e dê uma pausa na sacada. Note os detalhes de cada cantinho e passe a conhecer mais a sua própria casa.

Tenho certeza que assim, o seu lar é onde seu coração está!

Flaviana

(Visitada 71 vezes, 1 visitas hoje)