Porta Retrato

Amor | O que é o Amor ?

12 de junho de 2019

Amar sem pensar

Amar que faz sonhar

Sonhando ás vezes sem controlar

Deixando a vida nos levar

 

Amor que acende a brasa adormecida

Que é fogo que aquece a vida

Vida que se torna ás vezes enfurecida

Com este amor enaltecido

 

Amor, amor, buscando a vida transformar

Vida que surge voraz a lutar

Por este amor sem medo de errar

Que torna a vida abrilhantar

 

Amor que mesmo em silêncio se faz ouvido

Que no fundo da alma está escondido

Buscando forças pra ser mantido

Um amor intenso pra ser vivido!”

O poema é de autoria de Maria Bernadete de Souza Pasko, quando participou do Concurso de Literatura, do Jornal de Beltrão, em 2017. Ela combinou a produção poética com a reflexão existencial, partilhando experiência e  aprendizagens. 

Fotografia | Leila Lindiana | @leilalindiana

O que é o Amor ? Sobre ele nos contam diferentes histórias, observamos e vamos entendendo como deve ser e encaixamos o sentimento em narrativas e expectativas. Pré definimos que ele ou ela, deve ser assim e tememos encontrar isso, não podemos de jeito algum encontrar aquilo.

O amor nos faz pensar no plural, nem sempre no singular. O amor está nos aprendizados e vivências de cada um. Mas também esta no cheiro do café passado, nos joelhos que se tocam embaixo da mesa, no susto de um telefonema inesperado, na força do abraço em cada reencontro, no ineditismo de cada beijo.

Perante a pessoa amada, essa que está bem diante de nós, não é raro sofrermos de miopia. Entendemos o amor de uma forma, observamos, nos machucamos, concluímos, esperamos e da maneira mais simples, passamos a vivenciá-lo. A entrega é, por vezes, soterrada pela dificuldade de soltar as experiências anteriores e nos entregar à aquela que está amanhecendo agora, aqui.

Mergulhamos na experiência de amar quando nos despimos de explicações, definições e falsas certezas carregadas numa caixinha com muito cuidado. O amor não é um mistério a ser compreendido, e sim um mistério a ser vivido. O amor não é um buraco negro, preso a lembranças do passado e a fantasias do futuro, o amor é sim, uma estrela brilhante, pulsante, concreta, clamando para ser enxergada em toda a sua força.

Comentar via facebook

Comentário(s)

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM