Porta Retrato

Luciane Ribeiro

5 de janeiro de 2019

Fotografia | Kleber de Abreu

Conhecer pessoas especiais e que realizam trabalhos especiais, é uma das possibilidades que o Blog traz. Eu e a Lu, ainda não nos conhecemos pessoalmente. Porém, essa moça loira e linda, com um coração de ouro faz parte dos meus dias. Demos início as nossas conversas por iniciativa dela, atualmente conversamos quase todas as semanas. Trocamos ideias, conselhos e “figurinhas” sobre nosso trabalho por aqui.

Sempre admirei a Luciane, seu rosto é conhecido como modelo, miss Pato Branco e apresentadora de TV. O que mais chama minha atenção é a sua disponibilidade em estar presente, ela é educada, não tem uma mensagem que trocamos que eu fico sem resposta ou sem um “só um momento”. Lu, faz parte de um time de mulheres elegantes, não falo de ser chique, e sim no conceito de ser humana, valorizar pessoas, histórias e a nossa região. Ela tem um site, que se chama Lu Ribeiro, com disposição inicial de apenas contar histórias de mulheres que fazem a diferença. Porém ao longo do caminho percebeu que a memória de homens e empresas que ajudam no desenvolvimento das nossas cidades, precisava ser preservada. Os jovens talentos tem seu espaço, assim como outros assuntos que ela foi percebendo serem importantes e hoje fazem parte da sua plataforma digital. 

Bom, para nossa sorte, além das suas qualidades como ser humano, ela fotografa muito bem. A câmara conversa com ela de maneira muito espontânea e o resultado vemos aqui, em alguns dos vários ensaios fotográficos que ela realizou. A seguir, a sua narrativa, contada de uma forma muito encantadora; representada com muito amor pela família e ao marido, aos seus bichos de estimação e aos valores ensinados por seus pais. Acredito que você, Luciane, esta no seu melhor momento: fisicamente, profissionalmente e de sonhos então, só posso desejar que você os realize!

“Meu nome é Luciane Aparecida Ribeiro, nasci no dia 21 de setembro de 1977, em Pato Branco. Sou filha de José e Ivete (ambos já são falecidos), tenho mais 3 irmãos: Juliano, Jociane e Alvaro e um sobrinho Gustavo, que é a minha paixão! Sou casada com o Gean há quase quatro anos, mas estamos juntos há mais de 9 anos. Sou mãe de 4 bichos: a Titi e a Lila (duas gatas) e da Sofia e do Sultão, os dois são vira-latas adotados.Sempre morei nessa cidade que amo muito! Tive uma infância feliz, fui uma criança muito ativa e sempre vivi em contato com a natureza e os animais. Até hoje amo animais de todo meu coração e trabalho em causas de defesa animal. Tive uma criação simples, mas que nunca me deixou faltar o essencial. Meus pais me deixaram como herança a simplicidade e a honestidade, que sempre foi a base de nossa família. Desde pequena eu já gostava da comunicação e já brincava de repórter.

Na adolescência me tornei uma moça tímida (acho que meio normal de todo adolescente), mas eu tinha o sonho de ser modelo, de trabalhar com moda, fotografia, televisão e aos 16 anos fui convidada para participar do meu primeiro concurso de beleza, chamado Garota Água de Cheiro, concorri com mais 20 meninas e fui a vencedora da noite. A partir desse concurso as oportunidades começaram a surgir. Meu primeiro desfile profissional, foi para uma loja de Coronel Vivida – Arte e Trapo, a convite do meu eterno amigo Rudi Bodanese.

Porém, eu ainda não era uma modelo profissional (naquela época precisava ser formada em curso autorizado pelo sindicado de modelos) e por isso resolvi fazer o curso de Modelo e Manequim pelo Senac-Pr. Esse curso foi excelente, durante 4 meses tínhamos disciplinas variadas todos os dias. Me dediquei muito e através da minha dedicação surgiu o convite para o concurso Miss Pato Branco 1995. Nessa época eu não tinha muita experiência de passarela e achava que não iria vencer, mas para minha surpresa levei o título e essa foi uma das experiências mais incríveis e especial na minha vida. Muitas portas começaram a se abrir: uma delas foi a de ser convidada para apresentar um quadro de entrevistas num programa de TV ao vivo e que na época era apresentado pelo organizador do concurso, Adair Kill. Tomei gosto pela TV e, juntamente com o Adair, permaneci nesse programa por quatro anos.

Além do trabalho da TV (participei de vários outros programas), comecei a fazer muitos desfiles e trabalhos publicitários em Pato Branco e região! Nessa minha estrada foram muitas as pessoas que me ajudaram e me deram oportunidades! Muitas empresas, empresários, amigos…

Depois de desfilar em muitas passarelas durante 8 anos resolvi passar para os bastidores e organizar alguns desfiles, principalmente os do Miss Pato Branco (2002, 2003, 2004, 2005, 2006 e 2011). Nos concursos de 2004, 2005 e 2006 além do desfile do concurso também fui organizadora do evento junto com minha amiga e sócia Cris Benato.Por forças das circunstâncias e da necessidade me formei em Administração de Empresas pela UTFPR (mesmo sonhando em fazer jornalismo) e foi nesse momento que me afastei um pouco do mundo da moda e da comunicação e me tornei bancária por 12 anos. Depois desse tempo trabalhando em bancos aprendi muito e fiz muitos amigos.

Porém, o destino resolveu me levar por outros caminhos e por conta da perda da minha amada sogra, abandonei a vida bancária e assumi um trabalho na empresa da família. E mesmo sem entender, muitas vezes, os desígnios de Deus foi isso que meu a flexibilidade para fazer esse trabalho paralelo e realizar um sonho de voltar para a comunicação e falar sobre pessoas, moda, beleza e entretenimento!

Os últimos três anos da minha vida não foram nada fáceis. Em janeiro de 2015 recebemos o diagnóstico de câncer de pâncreas da minha mãe e aí começou a nossa luta! Minha mãe foi uma guerreira, não teve medo, enfrentou a doença sem reclamar e isso nos dava força e servia de exemplo de que não podemos fraquejar diante das dificuldades da vida, devemos enfrenta-las. Eu tinha um ponto de apoio para tudo, que era minha sogra Hosana, porém em novembro de 2015 uma tragédia aconteceu… sem poder dizer adeus ela faleceu num acidente de trânsito deixando toda a família sem chão. Mas, mesmo assim eu ergui a cabeça, tinha mais uma família para tomar conta e ainda continuar cuidando da minha mãe.

Depois de dois anos de luta em janeiro de 2017 ela partiu, em paz, mas deixou um vazio imenso. Meu pai que já tinha uma saúde frágil ficou muito triste (mesmo estando separado dela há 15 anos) e aos poucos foi adoecendo mais, até que em janeiro de 2018 ele foi internado e também diagnosticado com câncer no fígado e em poucos dias faleceu… Muita saudade ficou no meu coração, porém eles me deram muita força e luz para continuar, principalmente trabalhando cada dia mais para realizar os meus sonhos e ajudar o próximo. E assim estou fazendo.

No início desse meu projeto a intenção era contar histórias de mulheres da região. Homenagear as mulheres que fazem a diferença nesse mundo foi o que me motivou a criar o perfil no Instagram e uma fanpage no Facebook e o site. Porém, o negócio criou corpo, forma e voltei a sonhar mais alto… para contar outras histórias. Agora o projeto também está contando histórias de homens e empresas da nossa cidade e da região. Quero contar histórias alegres, de luta, de superação, de vitórias. Relembrar histórias que foram importantes para o nosso desenvolvimento. Mostrar os rostos da nova geração! Enfim, fazer algo lindo para as pessoas especiais.

Além disso, criei colunas para trazer assuntos variados com o respaldo de profissionais de cada área. Vamos falar sobre moda, beleza, cultura, gastronomia, viagens, saúde. Nossa cidade e região tem muita coisa legal e interessante para mostrar e eu quero fazer do meu trabalho uma referência de comunicação de conteúdo, informativa e leve!

Fotografia:

Kleber de Abreu | Rua Tamoio, 865 | Pato Branco/Pr | 46 3224-5984 | @kleberdeabreu | Facebook: kleberdeabreufotografo | www.kleberdeabreu.com.br

Éder Tomasi | 46 9 9900 9358 | @bytomasifoto| www.bytomasi.com.br

Larrisa Lamp | 46 9 9141 1992 | @larissalamp | www.larissalamp.com.br

Comentar via facebook

Comentário(s)

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM