Dicas

Projeto Polvo Solidário

11 de junho de 2018

Fotografia: Isabel Paini

Chamado de “Polvos de Crochê, o projeto surgiu na Dinamarca em 2013, no Brasil chegou no início de 2017.

No Paraná, a cidade de Curitiba foi pioneira na produção de polvinhos confeccionados em crochê e doados para recém-nascidos prematuros que internados em UTI neonatal.

Conforme relatos médicos, quando os bebês seguram os tentáculos dos polvinhos sentem segurança e conforto, pois remetem ao cordão umbilical e ajudam o bebê a retomar a sensação de estar no útero materno, sentindo-se protegidos e aconchegados.  Os bebês ficam mais calmos, respiram melhor, tem batimentos cardíacos mais estáveis e uma recuperação mais tranquila.

Foto: Giuliano Gomes/PR Press

O projeto é lindo, humano, repleto de esperança e carinho. Confesso que desde tomei conhecimento, considero uma causa nobre

Como podemos ajudar ? 

1) Sendo um patrocinador:
a) doando materiais para a confecção dos polvinhos como linhas 100% algodão e fibra siliconizada.
b) contribuindo com recursos financeiros através da Vaquinha Solidária:  https://www.vakinha.com.br/vaquinha/polvo-solidario
c) sendo um doador mensal através de uma assinatura do Polvo Solidário no aplicativo de pagamentos PicPay. Acesse o link https://app.picpay.com/user/polvosolidario e siga as instruções.

2) Sendo um voluntário na divulgação:
– Como voluntário na divulgação você pode colaborar curtindo ou compartilhando nossas postagens além de indicar o grupo e a página do projeto para seus amigos.

3) Sendo voluntário na confecção dos polvinhos:
– Como voluntário confeccionado de polvinhos você tem a oportunidade de contribuir em suas horas vagas e a seu
tempo na confecção dos polvinhos que serão doados para os hospitais conveniados com o projeto.

O voluntariado é uma das ações mais nobres e importantes, pois, é a força de vontade em fazer o bem que ajuda a manter o projeto em funcionamento e levar todo o carinho proporcionado pelos polvinhos às crianças prematuras internadas em UTIs. “Quanto mais mãos fazendo, mais crianças poderão ser atendidas”.

O projeto tem uma grande preocupação com a segurança do recém-nascido, por isso é seguida rigorosamente a receita original do projeto Dinamarquês, obedecendo material e especificações adequadas para que não comprometam a saúde e segurança dos bebês.

A necessidade de reposição dos polvos é constante.  Por ser um projeto projeto voluntário, feito por pessoas que doam seu tempo na confecção e distribuição dos polvinhos, a coordenação precisa de apoio financeiro contínuo para a manutenção do projeto, compra de linhas, fibras siliconizadas e despesas decorrentes da logística de recebimento e distribuição dos materiais para os hospitais, que são preferencialmente financiados pelo SUS.

A Coordenadora do “Seja Voluntário Projeto Polvo Solidário” é a Viviani K. Weissheimer de Souza (41) 99652-1622, beltronense que mora em Curitiba. Se você se interessou e quer ajudar entre em contato com ela. A Viviane é uma querida, comprometida em fazer o bem. Em Francisco Beltrão, ela tem o apoio e ponto de arrecadação na Rádio Onda Sul, Rua Tenente Camargo, 1950, Centro, (46) 3524-7759 | (46) 3524-7760.

Para conhecer mais: 
https://www.facebook.com/sejavoluntarioprojetopolvosolidario/
https://www.facebook.com/amigurumisdavivi

Contato| Viviani Souza: vivianikws@hotmail.com e Emanueli Souza: emanueliws@hotmail.com | Instagram: viviamigurumi/
Links com relatos e notícias sobre o uso do polvinho no Brasil:
https://redemassa.com.br/tribuna-da-massa-3/2018/04/19/polvos-de-croche-abracam-bebes-prematuros19358/v/
https://massanews.com/noticias/comportamento/polvos-do-amor-projeto-leva-afeto-e-seguranca-arecem-nascidos-internados-na-uti-z5DR0.html
https://www.youtube.com/watch?v=A1AqZWC01cUhttps://www.youtube.com/watch?v=yf7WQTrNWdY
https://www.youtube.com/watch?v=fZyhwvLzqCk
https://globoplay.globo.com/v/5772748/
https://globoplay.globo.com/v/6055969/
https://www.facebook.com/projetooctobrasil/
https://www.brasiliaeaqui.com.br/noticias/2017/05/03/hospital-materno-de-brasilia-faz-pesquisa-sobrebeneficios-dos-polvos-de-croche

Meu agradecimento super especial a Isabel Paini, pela doação do tempo em fotografar os polvinhos para essa matéria.

Comentar via facebook

Comentário(s)

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM