Dicas

Obesidade Infantil | Uma triste realidade

14 de agosto de 2019

A falta de atividade física é um fator importante para o desenvolvimento da obesidade infantil. A criança sedentária tem o dobro da probabilidade de se tornar obeso na fase adulta. E o que mais vemos hoje em dia são crianças e adolescentes em frente a computadores, tablets ou celulares. Não sou contra as tecnologias, sou contra o excesso do uso delas, pois isso limita o desenvolvimento das crianças, não somente na questão de gasto calórico mas também o seu desenvolvimento motor, fora a socialização que os jogos e brincadeiras podem propiciar as crianças.

Lembro-me muito bem da minha infância, onde subíamos em árvores, corríamos pelo quintal da casa, andávamos de bicicleta e por mais que fizesse isso o dia todo, sempre que nossas mães chamavam parecia que a tínhamos brincado pouco e queríamos mais. Tudo bem que naquela época não existia nenhuma dessas tecnologias atuais, mas isso não pode ser desculpa para deixarmos as crianças de hoje alienadas fazendo o seu lazer ser apenas em frente a uma tela.

A má alimentação na infância e o sedentarismo, causa diversos problemas de saúde, entre eles, a obesidade infantil. E de acordo com dados divulgados em 2017 pelo Ministério da Saúde, o número de obesos no Brasil cresceu 60% nos últimos 10 anos, o que tem ligação direta com a presença da obesidade na infância. Além disso, devido ao aumento da obesidade, cresceu também o número de pessoas que sofrem com diabetes, infarto agudo do miocárdio (IAM), acidente vascular cerebral (AVC), hipertensão arterial, esteatose hepática (acúmulo de gordura no fígado), câncer e tantas outras.

Pensando em minimizar o risco da obesidade infantil, hoje existe até mesmo academias especializadas em trabalhar com o público infantil, assim como existe por todas as cidades escolinhas, tanto particulares como privadas, difundindo a prática esportiva. Mas o papel mais importante cabe aos pais de estimular seus filhos a prática dos exercícios físicos. Reservar um tempo para brincar de forma sadia com as crianças, deixando extravasarem suas energias, é a melhor forma de incentivar a se tornar um adulto ativo e em dia com sua saúde.

André Molina | CREF 010593-G/PR | facebook.com/andre.molina.33 |instagram.com/molina6012

Comentar via facebook

Comentário(s)

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM