Dicas Gostosuras

Sobre Vinhos com a Sommelier Nathaly Behne

5 de outubro de 2017

Pro Blog e para minha pessoa, é uma honra ter a Nathaly aqui. Eu a vi crescer…simmm! Filha da minha comadre mais amada e querida – Sandra, a Nathaly é linda (por dentro e por fora), sorriso cativante, decidida, forte mas, ao mesmo tempo exalando muita delicadeza, ouço ela pronunciar meu nome mesmo com a distância…que saudades! Atualmente mora na Itália, em Florença com o marido Giulio Barducci.

Seu currículo não deixa dúvidas que entende sobre o assunto, é formada em Gastronomia pela Universidade Positivo (2011), com curso profissional de cozinha pela Scuola di Arte Culinaria Cordon Bleu di Firenze (2013) e Sommelier pela FISAR – Federazione Italiana Sommelier Albergarori Ristoratori de Firenze(2013).

A meu convite pedi para ela nos dar algumas dicas sobre vinhos. Afinal ela trabalha, vive, respira esse universo encantador da vitivinicultora e, ainda mora em um dos países que mais se consome e aprecia a bebida.

“O segredo pra conhecer mais sobre vinhos é degustar!! Quanto mais vinhos você experimenta, mais você acostuma e aprimora o seu paladar.

Procurar vinhos de diferentes países, uvas, safras faz toda a diferença, seja curioso, porque é você que faz a sua referencia.

Antes de gastar muito em uma garrafa de vinho, descubra do que você gosta. Durante a degustação,  é a percepção de cada um que deixa o momento especial.”

Ter uma turma que gosta de vinho pode ser uma boa ideia pra conhecer mais rótulos. Por exemplo, fazer uma reunião uma vez por semana, com propostas de diferentes rótulos; uma degustação as cegas; uma degustação do mesmo produtor mas de diferentes tipologias ou até mesmo, a mesma tipologia de vinho mas com safras diferentes. Pode ser uma proposta muito boa pra aprender e se divertir.

E nada melhor que uma boa companhia pra degustar um vinho!

Pra quem gosta de ter vinho em casa, um conselho legal é colocar as garrafas em lugar que não tenha muita variação de temperatura (o ideal seria +-11 graus), sem luz e sem coisas quem exalem odor forte, quem possam interferir no vinho.

A posição da garrafa também é muito importante, que é a posição horizontal.

A temperatura pra degustar os vinhos também ajuda muito, a regra que vinho tinto é servido em temperatura ambiente não vale, porque se a temperatura for de 35 graus, como se faz?!

  • De 6 a 8 graus espumantes e vinhos brancos doces.
  • De 10 a 12 graus vinhos brancos e roses.
  • De 16 a 18 graus vinhos tintos.

Claro que tudo tem exceção, são essas as temperaturas básicas.

Em relação à harmonização com a comida, o que devemos cuidar, é manter o equilíbrio. Não comer algo de sabor muito forte com um vinho leve e vice e versa!

Comer peixe e tomar vinho tinto pode sim!! Desde que o vinho tinto seja leve e não cubra o sabor do prato.

É tudo uma questão de experimentar, descobrir coisas e sabores novos, de ousar.

Um espumante pode ser uma alternativa, em muitos casos vai muito bem com toda a refeição, da entrada até a sobremesa.

Aqui na Itália, praticamente todos bebem uma tacinha de vinho com as refeições, faz parte da cultura. Quem sabe seja o segredo da longevidade né  😜”

Um dos maiores encantos do vinho é sua diversidade. Então, quem gosta de vinho gosta de experimentar e está sempre em busca de novos sabores, de muitas descobertas e bons momentos.

E que tal abrir uma garrafa daquele vinho que você gosta ?

Imagens |Pinterest

Comentar via facebook

Comentário(s)

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM