Estilo

Osteoporose & Musculação

16 de novembro de 2020

Texto | André Luiz Molina – Educador Físico

“Você já deve ter ouvido falar da importância dos exercícios físicos com carga. Um exemplo é a musculação, que traz benefícios não somente para os músculos, mas para os ossos, também. É natural que o ser humano, normalmente a partir dos 30 anos, tenha perda de massa óssea, e com o passar dos anos ela vai agravando. Esse enfraquecimento dos ossos nas mulheres pode ser ainda mais acentuado do que nos homens, acompanha a leitura comigo.

O organismo está constantemente reabsorvendo ou “comendo” ossos velhos e substituindo-o por ossos novos, processo chamado de remodelamento ósseo.  Em ossos normais, existe um equilíbrio entre a formação e a reabsorção óssea. As células responsáveis pela formação óssea são conhecidas como osteoblastos. As células responsáveis pela reabsorção “comer” do osso velho são chamadas de osteoclastos. Os dois tipos de células são os “operários” que mantém a estrutura normal do osso. Mas, com o passar dos anos, há um desequilíbrio entre essas células, ocasionando o enfraquecimento dos ossos, podendo assim surgir a osteoporose.

Estima-se que a proporção da osteoporose para homens e mulheres, seja de seis mulheres para um homem a partir dos 50 anos. E duas mulheres para um homem acima de 60 anos. Isso acontece porque o estrogênio que é o hormônio que ajuda a equilibrar a saúde dos ossos nas mulheres começa a sofrer um desequilíbrio. Após a menopausa, os níveis desse hormônio caem, deixando as estruturas mais finas e frágeis, o que pode levar a osteoporose mais acentuada em mulheres. A doença não costuma apresentar sintomas, mas facilita a ocorrência de fraturas. Em casos mais avançados, elas podem ocorrer mesmo quando não há um trauma grave, como uma forte queda.

E o exercício físico praticado de forma regular e com carga, pode ser uma das ferramentas usadas para minimizar essas alterações que nosso corpo sente com o passar dos anos. Daí a importância de levar uma vida ativa desde jovem, não somente depois que aparecer algum problema de saúde. É claro que outros fatores contribuem e muito, no fortalecimento do corpo, fatores esses naturais e simples, como uma alimentação equilibrada e o contato diário com o sol. Não há necessidade de imediato entrar com medicamentos para poder fortalecer nosso corpo, ações simples e com custo baixíssimo, podem resolver na sua grande maioria.

Infelizmente muitas pessoas ainda preferem gastar dinheiro comprando medicamentos, do que investir em promoção e prevenção de saúde, sendo essas mais eficazes e com um custo / benefício inúmeras vezes melhor.

Então se você já está próximo dos 30 anos ou até já passou, e ainda continua sedentário, está mais que na hora de rever algumas coisas em sua rotina de vida.

Não se esqueçam, estamos aqui somente de passagem, então tente curtir a jornada, da melhor forma possível, porque tudo acaba, mas o que importa é como chegamos neste final.

Pense nisso…

André Molina | CREF 010593-G/PR | Instagram.com/molina_personal |facebook.com/andre.molina.33

 

Imagem Reprodução

Comentar via facebook

Comentário(s)

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM